Explorando Mitos …

“A minha vida está feita! Não preciso de formação para nada!”

Numa altura em que a tradicional segurança no emprego deu lugar à instabilidade, ao risco e à incerteza, esta não parece ser a atitude correcta. Longe vai o tempo em que estar efectivo numa empresa ou instituição era sinónimo de segurança e estabilidade profissional. A competitividade, assente num melhor desempenho é a bandeira que se ergue. A melhor forma de percorrer os trilhos da competitividade é através do profissionalismo que só pode ser conseguido através de uma postura de investimento e actualização constante.

Para além da promoção da estabilidade e sucesso laboral, são já várias as investigações que sustentam que o facto de os pais frequentarem formação, estimula a aprendizagem e sucesso dos filhos, pois, para estes, o exemplo dos pais é o melhor modelo a seguir, valendo mais do que muitas palavras… Para além do modelo, a actualização sobre si e sobre o mundo é o melhor veículo de aproximação entre os pais e os filhos, especialmente adolescentes, já que estes sentem que podem conversar abertamente com os pais sobre o mundo actual.

O mundo não pára de girar, o homem transporta o poder da evolução. Não fique para trás!

“Já não tenho cabeça para estudar”

O projecto Novas Oportunidades proporciona aos cidadãos um vasto e significativo leque de ofertas, capaz de responder às necessidades e interesses individuais. Aprender deixa de ser um acto forçado quando a formação em questão é relativa a algo do interesse do adulto ou quando vem colmatar algumas lacunas em determinada área, que o deixam constrangido. Para além do mais, este projecto acredita em si, acredita nas competências que foi adquirindo ao longo da sua vida, assim, poderá apresentar ao Centro Novas Oportunidades as suas aprendizagens, conseguindo, justamente, uma certificação escolar e/ou profissional, que lhe reconhece os seus conhecimentos, valorizando a sua sabedoria.

Informe-se no Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária de Gondomar (sala 28 A).

“Há anos que não vou à escola”

Se tiver em conta as aprendizagens que adquire diariamente, todos os dias vai à escola, à escola da vida. A escola de hoje não se centra só naquele edifício alto, com muitas janelas, envolvida por uma sequência de grades verdes e normalmente altas. A escola de hoje ultrapassa as barreiras, encontrando-se onde existir aprendizagem. Os toques não determinam o período de aquisição de competências, pois não há limite de tempo para a aprendizagem, assim, todo o tempo é escola.

A escola, enquanto instituição de transmissão formal de conhecimento, proporciona também aos adultos, vias adaptadas de acordo com o perfil, capacidades e limitações de cada um, através de processos individualizados.

Procure o Centro Novas Oportunidades e encontrará uma equipa capaz de o aconselhar, de conversar consigo e, sobretudo, de aprender consigo.

“Será que me vão avaliar?”

O acto de inscrição no Centro Novas Oportunidades é a chave para um ciclo precioso, orientado pela Dra. Diana Fernandes, designado de fase de Acolhimento, Diagnóstico e Encaminhamento. Esta fase permitirá ao adulto inscrito o conhecimento de toda a oferta disponível, tendo este ainda oportunidade de apresentar os seus conhecimentos, os seus pontos fortes, tais como acções de formação que tenha feito, por exemplo, no âmbito da actividade laboral, ou experiências pessoais que lhe tenham proporcionado aprendizagens. O adulto poderá ainda demonstrar os seus interesses. Todos os seus conhecimentos serão valorizados, e, nas áreas em que não se sente tão à vontade, terá direito a formação complementar (no âmbito do processo de RVCC), ou poderá ainda frequentar Unidades de Formação de Curta Duração, tendo sempre em conta os seus objectivos pessoais, aquilo que realmente lhe interessa quando se dirige ao C.N.O.

O projecto Novas Oportunidades não avalia, mas reconhece e valida as suas aprendizagens, promovendo formação nas áreas de maior dificuldade.

“Eles fazem-me perguntas a que eu não sei responder…”

Após a fase de diagnóstico, iniciará a via escolhida. Nesta segunda fase, a equipa que o acompanhará já tem alguns dados relativamente aos seus conhecimentos. O objectivo das Novas Oportunidades não é avaliar ou testar, mas sim reforçar e valorizar as suas aprendizagens, assim, o que se tentará é que apresente esses mesmos conhecimentos, através da realização de um Portefólio Reflexivo de Aprendizagens de Nível Básico ou de Nível Secundário.

“Não sei trabalhar com computadores”

Ao inscrever-se no Centro Novas Oportunidades poderá receber formação nas áreas das Tecnologias de Informação e Comunicação, formação essa que compreende vários níveis e que decorre em vários horários, tendo em conta a sua disponibilidade.

“Não tenho tempo para isto (estudar)”

O Centro Novas Oportunidades tem em conta a vida pessoal e profissional de cada adulto, oferecendo-lhe vários horários, em função da disponibilidade de cada um. Para além disto, se reunir condições e for do seu interesse realizar um processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências, terá que se dirigir à escola apenas uma vez por semana, para uma sessão de aproximadamente duas horas, agendando posteriormente as sessões individuais, de forma flexível, tendo sempre em conta as necessidades e a sua disponibilidade.

Raquel Azevedo (Técnica de RVC)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s